segunda-feira

Albinos e o Albinismo - Causa, Definição, Curiosidades, Fatos e Fotos

Foto de um albino
Roberto Rillo Biscaro, um
exemplo de albino brasileiro

     Olá, caro leitor! Tudo bem?

     Hoje eu vou falar sobre um assunto muito legal para abrir mais os seus conhecimentos: Vou falar sobre o albinismo.

     Na certa você já deve ter visto alguma pessoa de pele e cabelos bem claros andando por aí pelas ruas. Esta pessoa pode ser albina e nesse post quero informar tudo o que sei e o que pesquisei sobre esta condição genética que afeta muita gente pelo mundo. Acompanhe:


Definição e Causa


     A palavra "albinismo" tem origem da palavra em latim albus que quer dizer branco, alvo. Pessoas que nascem albinas tem a pele muito clara, os cabelos loiros quase brancos e a maioria nasce com olhos azuis ou verdes (há casos de olhos castanhos também). Isso se dá devido a falta de produção total ou parcial da melanina que é a responsável pela pigmentação de pele, olhos e cabelos.
     Segundo o site Dermatologia.net, o albinismo é considerado uma doença, mas não é contagioso: A causa é uma mutação genética. Na maior parte dos tipos de albinismo a pessoa herda dois genes com mutação (um do pai e outro da mãe), o chamado herança recessiva.

Os Tipos de Albinismo


     Existem 3 tipos de albinismo no mundo todo: Albinismo oculocutâneo, Albinismo ocular e Albinismo ocular ligado a cromossoma X.

  • Albinismo Oculocutâneo: É o mais comum de todos. Vem da ausência completa de melanina ao nascer ou em baixa produção da melanina ao longo da vida. Este tipo interfere na pigmentação de pele, olhos e cabelos comprometendo a visão da pessoa albina;
  • Albinismo Ocular: Nesse só os olhos são afetados pela despigmentação e a maioria dessas pessoas tem problemas graves de visão. Cabelos e peles tem pigmentação normal.
  • Albinismo Ocular ligado a cromossoma X: É o mais peculiar de todos. As mulheres são portadoras do distúrbio, mas só os homens manifestam a doença.

     De acordo com o site Minha Vida, existem mais dois tipos de albinismo: A Síndrome Hermansky-Pudlak e a Síndrome de Chediak-Higashi. Ambos são casos mais raros.

Características e Cuidados


     Para descobrir albinismos em bebês, é necessário pedir um exame de visão para acompanhar as mudanças de pigmentação que poderão ocorrer com a criança. O primeiro sinal de albinismo é a visão comprometida que costuma a aparecer no terceiro ou quarto mês de idade, acompanhado de movimentos rápidos dos olhos (nistagmo). Também há casos de hemorragias nasais, hematomas ou infecções crônicas que podem ser sinais de casos mais raros de albinismo. As especialidades em medicina que podem ajudar nessa descoberta são: Clínico Geral, Dermatologista, Oftalmologista, Geneticista e Pediatra. Mais informações aqui.
     Uma pessoa albina costuma ter problemas de visão como estrabismo, miopia, hipermetropia, fotofobia, astigmatismo e nistagmo. A coloração de sua pele pode variar entre o branco e o marrom que dependerá da quantidade de melanina que alguns passam a produzir na infância e adolescência. Isso pode explicar o surgimento das manchas na pele quando essas pessoas tomam sol. Os cabelos podem variar também de cor que vai do loiro ao vermelho e escurecer na idade adulta.


albinos, albinismo, curiosidade
O Professor de Ensino superior do curso de licenciatura em Pedagogia e Psicopedagogo Clínico e institucional e especialista em educação especial e inclusiva e atividades físicas e inclusivas para deficientes, Gustavo Thayllon.

      Os cuidados com a saúde será uma ferramenta imprescindível para o albino ter uma vida mais saudável e longa. Usar protetores solar em qualquer dia mesmo sem sol, roupas que protejam contra os raios UV como camisas de manga longa e chapéus com aba e evitar a exposição ao sol será imprescindível já que a incidência de câncer de pele é maior devido a falta de melanina (que daria um pouco mais de proteção contra esse mal). Na parte da visão é importante que pessoas com albinismo visitem regularmente oftalmologistas desde muito cedo. Geralmente, esses especialistas recomendarão uso de óculos ou lentes de contato para enxergar melhor, tampões para corrigir o estrabismo, óculos escuros com proteção UHV para controle da fotofobia e para proteger a retina dos raios ultravioleta e lentes especiais que escurecem à medida que a claridade aumenta (para também proteger a visão).

Algumas Curiosidades


albinos, asiatico, curiosidade
Photo by rawpixel on Unsplash

  • Albinos são sensíveis à luzes fortes por causa da sensibilidade com a visão. Por isso é comum que eles usem óculos escuros ou lentes especiais que escurecem à medida que a claridade aumenta.
  • No mundo artístico também existem aqueles que possuem albinismo. Entre eles, os músicos Johnny Edgar Winter, Hermeto Pascoal, Sivuca e os modelos Connie Chiu, Shaun Ross e Stephen Thompson.
  • Os filhos de um casal albino podem nascer sem albinismo. Isso porque vai depender dos genes da mãe e do pai.
  • Além de humanos, há animais e plantas com albinismo. No blog Jane Entre Linhas podemos ver alguns dos exemplos.

Mitos e Lendas


     Alguns mitos e lendas rondam os albinos pelo mundo. Na Tanzânia, por exemplo, há pessoas que acreditam que albinos dão sorte e ao invés de respeitá-los os usam para rituais de bruxaria que envolve mutilações e mortes (veja nessa reportagem da G1 ou nesse vídeo). Já em outros lugares, albinos são alvos do chamado bullying e há histórias de empresas que não os aceitaram por sua condição genética (veja o vídeo aqui). Todos esses problemas são resumidos em um só: A falta de conhecimento. Por isso é de grande importância buscar e espalhar informações sobre o albinismo. Hoje em dia temos a internet, grande aliada em pesquisas, ou profissionais competentes da área da saúde como os dermatologistas que são ideais para orientar ao conceito correto sobre o assunto. Albinos são gente como a gente e merecem respeito como todos nós merecemos.

Mídias e Mais Mídias


     Pelo canal do YouTube há vários e vários vídeos que explicam tudo sobre albinismo e de uma forma bem dinâmica e rápida de entender. Geralmente são os próprios albinos do mundo inteiro que falam de suas vidas e sobre sua condição genética.
     Aqui no Brasil há um canal do brasileiro e albino Roberto Rillo Biscaro no YouTube chamado "Albino Incoerente" contando um pouco mais sobre albinismo. Ele também é dono do famoso Blog do Albino Incoerente e autor do livro Escolhi Ser Albino.

     Abaixo, deixo mais algumas fotos de exemplos de albinos brasileiros. As imagens a seguir foram cedidas gentilmente por cada pessoa da foto. Agradeço a cada um pelo carinho e autorização:


albina, brasil, curiosidade
Clarianna Fernandes
albina, brasil, curiosidade
Débora Mello
albina, brasil, curiosidade
Angélica Moura
albina, brasil, curiosidade
Priscila Merlin
albina, brasil, curiosidade
Fabiane Santos
albina, brasil, curiosidade
Iamili Aguiar
albino, brasil, curiosidade
André Cavalli
albino, brasil curiosidade
Gustavo Thayllon
albina, brasil, curiosidade
Carla Dutra
albino, brasil, curiosidade
Kennedy Enio
albina, brasil, curiosidade
Ana Nascimento
albina, brasil, curiosidade
Andreza Aguida
albina, brasil, curiosidade
Fernanda Quintiliano
albino, brasil, curiosidade
Gaspar ZL
albino, brasil, curiosidade
João Paulo Feliciano Magalhães
     


     Gostou do texto? Então compartilhe em suas redes sociais, para que seus amigos também conheçam essas dicas

Até mais!

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com SPAM, ofensas ou incompreensíveis serão deletados sem aviso prévio.
Os comentários não refletem na opinião do autor.

Atualizações do Instagram

Topo