domingo

Canção do Vento e da Minha Vida - Manuel Bandeira - Postagens de Domingo



Photo by Bronwyn on Unsplash
     Olá, caro leitor! Tudo bem?


     Que tal uma poesia bonitinha para relaxar nesse dia de domingo?



     Num dia desses de Enem, há muito tempo atrás, estava eu fazendo a prova toda apreensiva por causa de pressão e tudo mais quando me deparei com este pequeno "textinho" (na verdade uma bela poesia) falando sobre o "vento que varria tudo".

     Na verdade se trata de mais um texto que eu achei da quinquilharia que o Blog in Test me deixou...

     Era um texto muito simples e antigo que conseguiu me acalmar naquele dia de correria. O efeito foi tão bom que eu resolvi compartilhá-lo com vocês (mais uma vez!).

     Segue na íntegra:


Canção do Vento e da Minha Vida


O vento varria as folhas,
O vento varria os frutos,
O vento varria as flores...
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De frutos, de flores, de folhas.
[...]
O vento varria os sonhos
E varria as amizades...
O vento varria as mulheres...
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De afetos e de mulheres.
O vento varria os meses
E varria os teus sorrisos...
O vento varria tudo!
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De tudo.
 

(BANDEIRA, M. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1967.)


     Gostou do texto? Então compartilhe em suas redes sociais, para que seus amigos também conheçam essas dicas!


Até mais!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com SPAM, ofensas ou incompreensíveis serão deletados sem aviso prévio.
Os comentários não refletem na opinião do autor.

Atualizações do Instagram

Topo