terça-feira

5 Coisas Desnecessárias Para Realizar Matrimônio e Festas de Casamento

Photo by Tom The Photographer on Unsplash

     Olá, caro leitor! Tudo bem?

     Quando se fala em casamento, a gente já logo imagina gastos exorbitantes, festas badaladas, coisas caras para comprar... Mas será que casar precisa ter tudo isso para que o grande dia se torne incrível e inesquecível?

     Veja nesse artigo cinco coisas desnecessárias para realizar seu casamento e sua festa.


A Cerimônia (Os Votos)
Imagem de StockSnap por Pixabay
     Todos sonham em quando trocar os votos de casamento estar numa igreja, lotada, bonita, toda enfeitada, usando roupas caras e falando lindo versos "lacradores" para começar bonito a vida de casado.

     Mas será que precisa de tudo isso?

     Não.

     Os votos de casamento tem de ser, em primeiro lugar, algo muito sério e o maior foco quando vai prometer companheirismo na saúde, na doença, na alegria e na tristeza. Por isso, seus votos não precisam de uma igreja lotada e enfeitada. Vocês podem fazer os votos entre si, em qualquer lugar (dentro de casa, por exemplo), em companhia de familiares e amigos bem próximos e com suas próprias palavras de sinceridade e matrimônio.

     Pronto! Não gasta nada, não tem dor de cabeça e nem detalhes imprecisos. O amor fala mais alto quando as palavras e as intenções de um para o outro são sinceras.


Igreja Lotada
Imagem de Pexels por Pixabay
     Falando em igrejas, o sonho de muita gente é casar numa lotada até a boca! Isso porque a imagem de uma igreja cheia é bonita e reza a lenda que há uma superstição que diz se os noivos casarem em uma igreja "vazia" (pouca gente) irão ter azar em seu casamento.

     Mas será que é verdade e também precisa disso?

     Não.

     Um casamento de verdade não se faz com igrejas lotadas. Se faz com responsabilidade e respeito no dia-a-dia do casal. Quanto ao dia da cerimônia, você deve convidar apenas aquelas pessoas que merecem compartilhar com vocês dois este momento especial. Esqueça igrejas lotadas! Esteja apenas ao lado de quem merece sua companhia e não caia em superstições e padrões de filmes e novelas.
 

Convite Cheio de Coisas
Imagem de Bruno Glätsch por Pixabay

     Um convite dá um gostinho de como será o grande dia do casal aos seus convidados.

     Mas será que precisa ser cheio de coisa já que este dia vai ser bem badalado?

     Não.

     Um convite pode ser simples, estar bem escrito e com suas palavras bem distribuídas durante todo o papel. Nada de brilhos, papel transparente estrelado, envelope caro e muitas outras coisas desnecessárias que só vão criar gastos e dor de cabeça. Esteja ciente que o especial é a união de vocês e o resto são pequenos detalhes que tem de ser feitos com amor e não precisa de muito dinheiro.


Comprar Vestido
Imagem de Omar Medina Films por Pixabay

     
Até hoje em dia, existem noivas que preferem comprar seu vestido ao invés de alugá-lo. Talvez porque querem ser a primeira a usar um majestoso vestido todo bordado e brilhoso feito sob medida para seu corpo. Porém, depois de seu uso (por algumas horas) resta guardá-lo para as próximas gerações de sua família ou por mera recordação do grande dia.

     Mas precisa ser assim mesmo?

     Na verdade não. É mais vantajoso alugar um vestido ao invés de comprar: Alugando um vestido você economiza mais e ainda não tem aquele incômodo de guardá-lo e vê-lo mofar em seu armário (quem garante que a próxima geração irá usá-lo?). Para quem que ser a primeira mulher a usar aquele vestido de noiva, também tem uma opção: Existem costureiras que fazem um novo vestido (para usá-lo pela primeira vez) adequado ao corpo da noiva e o alugam. Facinho, né? Não compre mais, alugue e seja feliz.


Viagens a Lugares Românticos
Imagem de skeeze por Pixabay

     Paris, Roma, Barcelona, Londres, Bruxelas, Madrid, Lisboa, Punta Cana e até um tal de "Santorini"... Quem é que nunca sonhou em conhecer algum lugar desses? Principalmente numa viagem de lua de mel? Acho que a maioria, né?

     Mas será que precisa ser tão longe e caro para chamá-lo de romântico?

     Não, de novo.

     Uma viagem romântica não requer lugares caros e nem "chiques" para se tornar a lua de mel inesquecível de um casal apaixonado. Você pode optar por lugares mais simples e ao mesmo tempo mais prazeroso numa viagem a dois. Chalés, praias lindas (no seu país mesmo!) ou quem sabe uma encantadora cidadezinha no interior farão seus dias os mais especiais do mundo, gastando pouco e se divertindo muito!


     Gostou do texto? Então compartilhe em suas redes sociais, para que seus amigos também conheçam essas dicas!


Até mais!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com SPAM, ofensas ou incompreensíveis serão deletados sem aviso prévio.
Os comentários não refletem na opinião do autor.

Atualizações do Instagram

Topo