Psicologia: O Que É, A História, Para Quem Se Destina o Tratamento, O Profissional, Curiosidades, Psicologia Clínica, O Mercado de Trabalho

Imagem de Oliver Kepka por Pixabay
     Olá, caro leitor! Tudo bem?


     Você tem dúvidas sobre a profissão de psicólogo? Acha que só serve para gente louca? Gostaria de trabalhar como psicólogo, mas não sabe por onde começar? Conhece a história por detrás de uma das profissões que mais se fala no dia de hoje? Tudo isso e muito mais você vai descobrir lendo esse artigo e vai ficar impressionado... E muito bem informado!

     Vamos falar de psicologia? Simbora!


O Que é a Psicologia?

Photo by Hal Gatewood on Unsplash

     A psicologia é um ramo que nos acompanha e que traduz alguns tipos de sentimentos, através do estudo do comportamento.

     Relativamente trata os laudos da psiquiatria, como: transtorno bipolar, síndrome do pânico, depressão, transtorno psicótico, entre outros. Também é capaz de tratar problemas familiares, ajudando a se inserir no cotidiano; na sociedade.


A História da Psicologia

Photo by 🇸🇮 Janko Ferlič - @specialdaddy on Unsplash

     A psicologia, entra em cena anos antes da reforma psiquiátrica. Tanto que, os dois grandes mestres da psicologia dentre os 51 principais são: Ivan Pavlov e Sigmund Freud, que visavam escutar as pessoas e retirar conclusões de seus sentimentos. Ainda entre os principais nomes da psicologia, podia- se encontrar os grandes filósofos como Aristóteles, que entra na história da psicologia da educação e que tirava suas frases através do estudo da psicologia.

     A psicologia não nasceu como ciência de primeira: surgiu com os grandes filósofos. E as ideias sobre o pensamento vieram da filosofia grega.

     Em 1879 a psicologia passa de um estudo espiritual para um estudo científico dando origem a primeira escola de psicologia por Wilhelm Wundt (Filósofo, 1832 - 1920), usando o método de introspecção. Dentro desta ideia da psicologia, encontramos outras escolas e outras ideologias, como estruturalismo, funcionalismo, Behaviorismo, gestaltismo, entre outras...

     A reforma psiquiátrica foi um dos principais marcos históricos para a inclusão da psicologia dentro dos hospitais. A partir de 1990, a psicologia junta-se com a psiquiatria tratando das psicopatologias em pacientes internados em manicômios. Esta inserção, mudou o modo de grande parte dos médicos e enfermeiros que tratavam desses pacientes. Pois foi comprovado que a psicologia, era a prática mais adequada do que tratamentos à base de choque ou altas dosagens de insulina.


Para Quem Se Destina o Tratamento?

Photo by Priscilla Du Preez on Unsplash

     As pessoas ainda enxergam o acompanhamento psicológico como uma coisa supérflua. Infelizmente, há barreiras para se quebrar. Pode-se perceber, dentro deste mundo de teorias, os casos em que a suposição da psicologia é: tratamento para "loucos". Será que dentro das descobertas de tantos mestres e filósofos, a psicologia seria algo recomendado somente para "loucos"?

     A resposta é, não! A psicologia, como dito acima, é o estudo do comportamento do ser humano. O que nos dá a conclusão de que todo o ser é estudado em sua vida e em suas relações, por obter pensamentos diferenciados.


O Profissional de Psicologia

Imagem de cvpericias por Pixabay

     A profissão de psicólogo é uma das profissões que mais crescem. O curso de psicologia, dura em média 5 anos e o profissional precisa ser estudioso e gostar de leitura. Sendo assim, o profissional, nos dois primeiros anos, estuda muita teoria. Logo depois, começa a prática. E então começa a conhecer as diferenciadas áreas de execução do serviço.

     Os assuntos abordados no curso são:

          - Anatomia;
          - Fisiologia;
          - Psicofarmacologia;
          - Sociologia;
          - Antropologia;
          - Teorias, métodos e técnicas da psicologia;
          - etc.

     O psicólogo pode atuar nas como: funcionário em hospitais públicos ou particulares, em alguma escolas (que demandam por sua ajuda), em clínicas particulares ou não etc. Mas o trabalho de psicologia jurídica é o que mais há serviço, como em audiências, acompanhamento familiar, perícias e relatórios.

     As funções que também podem ser exercidas são:

          - Psicologia clínica;
          - Psicologia do trânsito;
          - Psicologia educacional;
          - Psicologia do trânsito;
          - Psicologia esportiva;
          - Psicologia hospitalar;
          - Psicologia jurídica;
          - Psicologia organizacional e do trabalho;
          - Psicologia social;
          - Psicomotricidade;
          - Neuropsicologia;
          - Comportamento do consumidor;
          - Orientação profissional;
          - Etc.

    Contudo, é importante que o profissional em psicologia seja atencioso, compreensivo, amigável e paciente. Também é importante que o profissional também faça terapias, pois lida com muitos tipos de questões em mesa. Assim, o apoio psicológico não serve só para pacientes: serve para os profissionais da área também.

     O salário para estes profissionais variam entre R$1.450,00 à R$3.550,00. E o curso se encaixa nas duas áreas de conhecimento de humanas e saúde.



O Psicólogo Pode Receitar Remédios?

Imagem de HeungSoon por Pixabay
     Na verdade, não. Quem pode receitar remédios são somente os psiquiatras. Os psicólogos e os psiquiatras podem trabalham juntos, porém são os psiquiatras que receitam a medicação e o psicólogo faz apenas o acompanhamento do paciente.


Por Que Psicólogos Não Receitam Medicamentos?

Imagem de VSRao por Pixabay

     Muitas pessoas acreditam que os profissionais da psicologia são contra o uso dos fármacos. Esta é uma ideia falsa. O que acontece de fato é que muitas vezes a intervenção medicamentosa é necessária para a melhora do paciente. Porém, muitos dos medicamentos causam efeitos colaterais e até mesmo paradas cardiorrespiratórias. 

     Portanto, os médicos e psiquiatras são profissionais mais preparados para receitar e este é o motivo que os psicólogos não o receitam.
     

A Psicologia Clínica

Photo by Kari Shea on Unsplash

     A psicologia clínica é uma das áreas mais disputadas e escolhidas pelos alunos. Ela trata de pacientes em crises ou doenças mentais que atinge não só o comportamento, mas a convivência social, bem estar, saúde física e mental, e até mesmo a vida profissional.

     O profissional de psicologia clínica faz terapias individuais ou em grupo com seus paciente para ajudar promover a saúde mental.

     Para se tornar um profissional da área de psicologia clínica basta fazer a Faculdade de Psicologia existente em várias universidades no Brasil. Serão 10 semestres a ser completados e mais um curso de especialização (que fica a critério do aluno, mas altamente recomendado para aumentar o profissionalismo do estudante e as chances de um bom emprego mercado de trabalho). Também há o registro do CFP (Conselho Federal de Psicologia), pelo qual você deve estar registrado no mínimo 2 anos.


O Mercado no Ramo da Psicologia Clínica 

Imagem: Cursos 24 Horas

     O mercado de trabalho para esta área é promissor, pois o psicólogo segue uma tabela de valores propostas pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) bem interessante! Segue abaixo:


          - Consulta psicológica: R$226,38;
          - Avaliação psicológica R$ 216,38;
          - Exames psicológicos: R$177,59;
          - Ludoterapia individual: R$196,52;
          - Acompanhamento psicoterapêutico:R$311,08.


     Fora que ainda pode fazer o seu próprio horário comercial.

     Também há os que são concursados e, por se tratar do governo, recebem um salário fixo que, muitas vezes, podem ser maiores que os dos demais colegas do mesmo serviço.


Afinal, Quem Precisa de Psicólogo?

Photo by Duy Pham on Unsplash

     Todos nós precisamos de um psicólogo! Pois todos nós temos algum problema ou dúvida interna a resolver. Portanto, deixe de preconceito e vá cuidar de sua saúde física e mental.

     Faça já um teste vocacional com seu especialista em psicologia e descubra o seu potencial para ser um profissional da área: pode ser que você tenha sucesso!

     Reflita!


[Autora: Jéssica de Oliveira]



     Gostou do texto? Então compartilhe em suas redes sociais, para que seus amigos também conheçam essas dicas!


Até mais!

Você também vai gostar de ler também...

0 comments.

Comentários com SPAM, ofensas ou incompreensíveis serão deletados sem aviso prévio.
Os comentários não refletem na opinião do autor.